VÁRZEA GRANDE

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande quita novembro, adianta 13º e dezembro, e fecha ano com reajuste e reclassificação

Avatar

Publicados

VÁRZEA GRANDE


Depois de anunciar a injeção de mais de R$ 125 milhões na economia local com o pagamento de quatro folhas aos servidores municipais no último trimestre do ano, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, confirmou a antecipação do pagamento do 13º salário, que juntamente com o salário de dezembro, serão pagos nos dias 17 e 27 do próximo mês, respectivamente.
Em um intervalo de cerca de 30 dias, R$ 100 milhões circularão na economia, impulsionando o varejo, a indústria e prestação de serviços na cidade. Além da folha de dezembro e do 13º, a prefeitura de Várzea Grande está pagando o salário de novembro, hoje dia 30.

“Estamos ‘furando’ nossa própria programação. O calendário elaborado pela equipe econômica previa a quitação do abono até o dia 19 e do salário até o dia 29. Felizmente, todo nosso esforço financeiro e fiscal tem surtido feito e permitido que ao longo do ano, nossos servidores recebam o que é de direito muito antes da virada do mês. Ainda que estejamos no pior momento da pandemia, sob o ponto de vista econômico, esse primeiro ano de gestão está sendo marcado pela dedicação de cada colaborador, pela confiança do cidadão e pelo nosso zelo com os recursos públicos”, declarou o gestor.

Kalil destacou ainda que todas as adversidades derivadas do momento pandêmico que ele herdou não impediram avanços históricos na cidade. “Tenho orgulho em dizer que nesse primeiro ano de mandato realizamos investimentos de R$ 500 milhões em infraestrutura, especialmente na ampliação do sistema de abastecimento de água e pavimentação asfáltica. Vamos pagar a reposição inflacionária aos nossos servidores, bem como, promover correções na elevação de nível e manter em dia o pagamento aos servidores. Esse esforço é justo, nossa cidade, nossa população e nossos servidores merecerem, pois eles (servidores) são a mão do Poder Executivo que leva saúde, segurança, social, educação e outros serviços para atender a população”.

Leia Também:  Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande é credenciado para fazer residência médica

A secretária de Gestão Fazendária, Lucineia dos Santos, frisa que a saúde financeira do Município permite não apenas o pagamento em dia – obrigação de qualquer gestor – bem como a concessão de 7% como forma de recomposição salarial (7%) e a Progressão de Enquadramento por Nível, que na prática coloca em dia o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), adicionando um diferencial ao salário-base dos servidores. “Tudo programado e dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que limita os gastos com salários e encargos de servidores públicos até o máximo de 60% das receitas”.

O secretário de Administração, Anderson Silva, pontuou que essas correções junto aos servidores municipais era uma demanda antiga e que tornou ainda mais latente com o Covid-19, por todos os seus desdobramentos e impactos sobre o poder de compra das famílias. “Acredito que o percentual da RGA, em 7%, deve ser um dos maiores do País. Poucas administrações públicas poderão arcar com um extra como esse no próximo ano, quiçá ainda, dentro deste mandato”.

Leia Também:  Várzea Grande divulga calendário para vacinação contra a Covid-19 para este final de semana

O prefeito, como sempre frisa, “não vamos resolver todos os problemas da cidade”, faz questão de reforçar que vem cumprindo seu plano de governo proposto durante a campanha eleitoral de 2020, priorizando cada segmento da sua administração. “Se me perguntarem como avalio esse primeiro ano, vou dizer que foi extremamente desafiador e próspero ao mesmo tempo. Realizamos investimentos com visão estratégica e de longo prazo, estamos promovendo correções dentro do funcionalismo público, encaramos a maior campanha de vacinação da história com êxito e chamamos o desafio de solucionar o problema de abastecimento de água em Várzea Grande”.

Ao setor empresarial, além de poder contar com a gestão, Kalil diz que essa irrigação de recursos será contínua, com a priorização de salários. “Os empresários podem se preparar, se programar para receber o servidor municipal sempre antes da virada do mês. Essa injeção de recursos, especialmente nesse ano, será um grande impulsionador de vendas e vai contribuir para a busca de um fechamento de ano no azul para o varejo local”.

Várzea Grande contabiliza cerca de 7 mil servidores municipais, considerando a Administração Direta e suas autarquias, como PREVIVAG e DAE/VG.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande inicia vacina em crianças e prefeito quer ampliar vacinação ainda mais

Avatar

Publicados

em

Por


Várzea Grande iniciou oficialmente a vacinação de crianças de 5 a 11 anos nesta quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022, e criou uma inovação o ‘Certificado de Coragem’ emitido pela Secretaria Municipal de Saúde para estimular as crianças não apenas a serem vacinadas como criar entre familiares, amigos e sociedade, o conceito de que a vacina salva vidas, tanto que a segunda maior cidade de Mato Grosso, o Brasil e o mundo, reduziram os óbitos por COVID de forma sensível.

A Secretaria Municipal de Saúde por determinação superior seguiu os protocolos do Ministério de Saúde e do Plano Nacional de Imunização (PNI) que determina espaços exclusivos para a aplicação da imunização, cartão do SUS, comprovante de residência e das regras por se tratar inicialmente de pessoas com comorbidades ou deficiências físicas, além de indígenas e quilombolas, que fazem parte do primeiro bloco dos que serão imunizados.

Várzea Grande recebeu 1.840 doses de vacinas da Pfizer que são exclusivas para crianças.

O prefeito em exercício José Hazama acompanhou a vacinação de crianças – da faixa etária de 5 a 11 no Centro Universitário UNIVAG, que juntamente com a Assembleia Legislativa, Governo do Estado entre outros, são parceiros da Administração Municipal por vislumbrar o bem-estar comum de toda a população. Ele reafirmou o compromisso da atual administração em continuar mantendo os cuidados com a saúde de todos em busca de uma cidade melhor para todos.

“Várzea Grande novamente dá um importante passo na vacinação, na imunização de todos, pois defendeu desde o início através da formalização de pedidos do prefeito Kalil Baracat, a vacinação para crianças, principalmente, porque se dá antes do início do ano letivo, o que vai proporcionar aos pais, mais tranquilidade neste retorno às salas de aulas.  É importante que todos mantenham esse cuidado, e que façam o cadastro e que levem seus filhos para serem imunizados”, pediu o prefeito em exercício José Hazama.

Hazama disse ainda que uma das determinações do prefeito Kalil Baracat desde o início da vacinação em janeiro de 2021 seria no sentido de vacinar todas as pessoas indistintamente, ficando as exceções para os casos médicos. “Temos três pontos em operação, uma no Centro Universitário UNIVAG, na região do grande Cristo Rei, um na Escola Estadual Adalgisa de Barros, região central e um na Escola Estadual Jayme Veríssimo de Campos Júnior, na região do Mapim/Imperial. Estamos mantendo todos os protocolos de segurança, bem como seguindo as determinações do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, na definição dos grupos prioritários”.

Leia Também:  Prefeito participa de premiação e entrega de materiais pedagógicos

Para o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros, as ações e atitudes implementadas pela gestão Kalil Baracat e José Hazama demonstram com clareza o comprometimento com a cidade e com sua população, “pois nossa missão é zelar pela vida e pelo respeito de todos pelo melhor modo de se conviver”, disse ele lembrando que desde 2015 Várzea Grande tem estado “em boas mãos de gestores que respeitam a coisa pública e a população”, disse Gonçalo Barros que acredita ser possível avançar ainda mais na imunização e vencer a pandemia.

O primeiro vacinado na segunda maior cidade de Mato Grosso foi, Arthur Pereira Marques, 8 anos, e portador de doença renal crônica e que simplesmente declarou querer viver, voltar à escola e conviver com os amigos. Ele estava acompanhado pela mãe, Sheila Souza Pereira Marques, Analista Contábil. Ela lembrou a preocupação com a volta às aulas e que seu filho estando vacinado, ela tem mais tranquilidade e segurança, até pelo fato do mesmo ser portador de comorbidade.

“Eu queria voltar para a escola, ver os amigos e poder estudar”, disse Arthur sendo aplaudido por profissionais de saúde que fizeram a primeira aplicação de vacinação.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina Silva Moura, explica que a meta da Secretaria de Saúde é vacinar – nesta faixa etária – 40 mil crianças, que estariam matriculadas nas escolas públicas municipais, estaduais e particulares e que o cadastro para a vacinação está sendo feito pelo portal da Prefeitura Municipal de Várzea Grande: www.varzeagrande.mt.gov.br na aba Imunização Várzea Grande.  “A vacina é essencial uma vez que estamos em meio a uma pandemia, por isso reforço da importância dos pais levarem seus filhos para serem vacinados”.

Leia Também:  VÁRZEA GRANDE AVANÇA CONTRA A COVID 19: PESSOAS COM COMORBIDADE ENTRE 40 A 59 ANOS E GESTANTES JÁ ESTÃO SENDO VACINADAS COM A PFIZER

Luiz Henrique de Oliveira, 10 anos, estava ansioso para tomar a vacina, uma vez que não vê a irmã há alguns dias, em função dela ter contraído o vírus da Covid-19, pela segunda vez. “Que bom que eu estou agora vacinado e que poderei voltar a abraçar a minha irmã. É muito importante que todas as crianças possam ter essa oportunidade, e importante também que os pais possam atender a nossa vontade”, elogiou o estudante que recebeu certificado de coragem, com a inscrição do seu nome.

Eyke Batista Duarte, não escondeu a emoção em se vacinar, e ele mesmo pediu ao pai que o levasse ao posto de vacinação. “Essa doença causa muito mal às pessoas e pode levar até a morte, por isso a minha vontade de tomar a vacina. Estou feliz e tranquilo porque agora vou voltar à escola mais protegido”.

Sávio Ferreira é pai da pequena Maria Vitória, 10 anos, que também se vacinou neste primeiro dia de imunização de crianças em Várzea Grande. Para ele, vacinar além de um ato de amor, é uma obrigação que os pais têm com a saúde dos filhos. “Temos a consciência da importância que a vacinação tem desde os primeiros dias de vida da criança, por isso resolvi trazer a minha filha a este ponto de vacinação. Estamos em meio a uma pandemia e nossa preocupação é que ela seja imunizada, o que nos dá mais tranquilidade”.

Ele também elogiou o trabalho que está sendo feito pela Secretaria de Saúde na condução do cadastro bem como no tempo ágil na aplicação da dose. “Fizemos o cadastro e já fomos convocados para a vacinação. Tudo rápido e bem-organizado”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA