VÁRZEA GRANDE

TECNOLOGIA

Xbox One chega ao fim: Microsoft cancelou a fabricação da linha

Avatar

Publicados

TECNOLOGIA


source

Xbox One não é mais fabricado desde 2020 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Fim da linha para o Xbox One. A Microsoft decidiu encerrar a fabricação de todos os modelos atuais do console ainda no mercado – neste caso, apenas o Xbox One S, que não tem entrada para discos, que ainda era feito e vendido normalmente. A novidade é que essa decisão foi tomada no final de 2020, sem comunicar ninguém, e só agora estamos sabendo, após uma declaração da empresa ao The Verge.

A ideia agora, obviamente, é se focar na produção e comercialização da nova geração – Xbox Series S e Xbox Series X, que seguem vendendo muito bem, inclusive. Cindy Walker, diretora geral do marketing da linha Xbox nos EUA, confirmou as informações ao The Verge , informando ainda que os últimos consoles que estão no mercado disponíveis para venda também são os últimos existentes.

Desta forma, o ano de 2021 foi usado para reforçar a fabricação dos consoles mais recentes, desocupando espaço antes ocupado pelo Xbox One e também direcionando recursos para as unidades dos aparelhos de nova geração.

Leia Também:  Laricel, operadora da Larissa Manoela, lança plano com TikTok ilimitado

Leia Também

Sony fez caminho contrário

A novidade vem um dia depois de a Sony anunciar um plano contrário: a empresa japonesa afirmou que ainda vai fabricar um milhão de unidades do PS4 ao longo de 2022, para suprir um pouco a demanda de consoles da marca, enquanto o PS5 segue com falta de estoque e poucas peças disponíveis nas fábricas.

Já com essa estratégia a Microsoft planeja focar seus esforços, de fato, na nova geração. Vale lembrar que o Xbox Series X também enfrenta problemas de estoque no mundo todo, mas o Xbox Series S costuma ser encontrado com certa facilidade, e seu preço equivale ao de um PS4 em alguns territórios, como no Brasil.

Com informações: The Verge .

Xbox One chega ao fim: Microsoft cancelou a fabricação da linha de consoles

Leia Também:  Bolsonaro reduz impostos sobre internet e veta isenção de streamings

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Microsoft fala com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Avatar

Publicados

em

Por


source
Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation
Felipe Vinha

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Após a Sony expressar preocupação com a série Call of Duty , Phil Spencer, diretor da linha Xbox na Microsoft, comentou em seu Twitter que conversou com representantes da empresa a respeito e disse que planeja manter COD como um game multiplataforma nos consoles PlayStation. Vale lembrar que a Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard, produtora da marca, há poucos dias.

“Tive boas conversas nesta semana com líderes da Sony. Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante do nosso setor e valorizamos nosso relacionamento”, disse Spencer.

A declaração foi bem recebida por fãs na rede social, que elogiaram a liderança do executivo na hora de tomar decisões importantes e em não incitar a guerra de consoles, ao elogiar a concorrência direta da Sony.

Leia Também

Sony demonstrou preocupação

Ao comentar pela primeira vez sobre a aquisição da Microsoft, representantes da Sony demonstraram preocupação especialmente com Call of Duty. “Esperamos que a Microsoft cumpra os acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision sejam multiplataforma”, disse a Sony ao The Wall Street Journal. Vale lembrar que Call of Duty já teve um acordo de “exclusividade” com o PlayStation para conteúdo extra, em 2015, durante cinco anos.

Call of Duty: Black Ops Cold War foi o segundo jogo mais jogado do PS5 ao longo de todo o ano de 2021, de acordo com a Sony, perdendo apenas para Fortnite , outro título multiplataforma. Call of Duty também ficou no topo dos jogos mais vendidos do ano nos Estados Unidos, nos últimos 12 meses.

Vale lembrar que a Microsoft pode ou não manter a exclusividade de alguns futuros jogos da Activision Blizzard, como fez com a Bethesda, que também comprou. O game Starfield , um dos mais aguardados de 2022, será exclusivo do Xbox por este motivo, por exemplo.

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA