VÁRZEA GRANDE

TECNOLOGIA

Apple e Samsung levam nova multa por celulars sem carregador

Avatar

Publicados

TECNOLOGIA


source
Apple e Samsung levam nova multa de R$ 26 milhões por celulares sem carregador
Bruno Gall De Blasi

Apple e Samsung levam nova multa de R$ 26 milhões por celulares sem carregador

A Apple e Samsung foram multadas em até R$ 26 milhões pelo Procon Fortaleza devido à venda de celulares sem o carregador na caixa. A decisão foi tomada pelo órgão de defesa do consumidor municipal após uma fiscalização realizada em agosto de 2021 em lojas da capital cearense. De acordo com a entidade, “várias irregularidades e danos aos clientes” foram identificadas durante a investigação.

O valor fixado em cerca de R$ 26 milhões totaliza o encargo destinado às duas fabricantes. Por ser uma empresa reincidente em infrações no Procon Fortaleza, a Samsung recebeu uma multa de R$ 15,5 milhões. Já a Apple, que está sendo autuada pelo Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor de Fortaleza pela primeira vez, teve redução em um terço do valor: R$ 10,3 milhões.

A decisão parte de uma fiscalização feita em lojas de Fortaleza (CE) após uma denúncia do vereador Wellington Sabóia (PMB), membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal. Na investigação, o órgão identificou situações como “falta de informações sobre a ausência do carregador, vantagem manifestamente excessiva exigida para o consumidor e ainda venda casada, como prevê o artigo 39, do Código de Defesa do Consumidor (CDC)”. 

Leia Também:  Tesla revela novo supercomputador para treinar inteligência artificial

Samsung vende alguns celulares sem carregador na caixa (Imagem: Tecnoblog)
Samsung vende alguns celulares sem carregador na caixa (Imagem: Tecnoblog)

Procon Fortaleza: carregador é item indispensável

Aos olhos da diretora do Procon, Eneylândia Rabelo Lemos, o adaptador de tomada é um item indispensável para o funcionamento do equipamento. “Fica evidente que o consumidor terá que adquirir o carregador futuramente, obrigando-o a uma nova compra”, explicou. “Isto caracteriza venda casada”.

Leia Também

Ela ainda relaciona o caso ao ato de comprar uma TV ou notebook e vir sem a tomada ou carregador. “Já pensou se essa moda pega”, disse.

Ao G1 nesta quinta-feira (12), a Samsung afirmou que não identificou o recebimento da notificação. A companhia também relembrou que os consumidores podem resgatar o acessório até 30 dias após a compra do celular, prática em vigor desde o lançamento do Galaxy S21. A Apple, por sua vez, não se manifestou até o momento.

Segundo o Procon Fortaleza, as empresas podem recorrer da multa.

Leia Também:  iPhone 12 Mini sai de linha após fiasco de vendas, diz relatório

Empresas já foram notificadas por vender celular sem carregador (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Empresas já foram notificadas por vender celular sem carregador (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Apple e Samsung já foram notificadas antes

Esta não é a primeira vez que as duas companhias são alvos de operações de órgãos de defesa do consumidor. No fim de dezembro, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) notificou a Apple por vender seu celular sem carregador. A pasta também autuou a fabricante do iPhone e a Samsung em outubro.

A Apple ainda recebeu uma multa de R$ 10 milhões devido à ausência do acessório em março de 2021. Na época, o Procon-SP acusou a fabricante do iPhone de praticar publicidade enganosa (em relação à resistência à água do iPhone 11 Pro), vender iPhones sem carregador e impor cláusulas abusivas aos seus clientes. A companhia também já foi condenada a indenizar uma consumidora por iPhone 11 sem carregador.

Com informações:  G1  e  Procon Fortaleza

Apple e Samsung levam nova multa de R$ 26 milhões por celulares sem carregador

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Microsoft fala com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Avatar

Publicados

em

Por


source
Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation
Felipe Vinha

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Após a Sony expressar preocupação com a série Call of Duty , Phil Spencer, diretor da linha Xbox na Microsoft, comentou em seu Twitter que conversou com representantes da empresa a respeito e disse que planeja manter COD como um game multiplataforma nos consoles PlayStation. Vale lembrar que a Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard, produtora da marca, há poucos dias.

“Tive boas conversas nesta semana com líderes da Sony. Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante do nosso setor e valorizamos nosso relacionamento”, disse Spencer.

A declaração foi bem recebida por fãs na rede social, que elogiaram a liderança do executivo na hora de tomar decisões importantes e em não incitar a guerra de consoles, ao elogiar a concorrência direta da Sony.

Leia Também

Sony demonstrou preocupação

Ao comentar pela primeira vez sobre a aquisição da Microsoft, representantes da Sony demonstraram preocupação especialmente com Call of Duty. “Esperamos que a Microsoft cumpra os acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision sejam multiplataforma”, disse a Sony ao The Wall Street Journal. Vale lembrar que Call of Duty já teve um acordo de “exclusividade” com o PlayStation para conteúdo extra, em 2015, durante cinco anos.

Call of Duty: Black Ops Cold War foi o segundo jogo mais jogado do PS5 ao longo de todo o ano de 2021, de acordo com a Sony, perdendo apenas para Fortnite , outro título multiplataforma. Call of Duty também ficou no topo dos jogos mais vendidos do ano nos Estados Unidos, nos últimos 12 meses.

Vale lembrar que a Microsoft pode ou não manter a exclusividade de alguns futuros jogos da Activision Blizzard, como fez com a Bethesda, que também comprou. O game Starfield , um dos mais aguardados de 2022, será exclusivo do Xbox por este motivo, por exemplo.

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA