VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA MT

Botelho destaca importância da revitalização do Mercado Municipal

Avatar

Publicados

POLÍTICA MT


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Com a história marcada pelo trabalho na agricultura familiar, setor que por muitos anos foi o responsável pelo sustento da sua família, o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) disse que está entusiasmado com o anúncio de revitalização do Mercado Municipal, de Cuiabá.
Botelho participou da apresentação do projeto do novo Mercado Miguel Sutil – conhecido como Mercado Municipal, na sexta-feira (16), feita pelo prefeito da capital, Emanuel Pinheiro, na sede da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e destacou a importância da obra, que representará o resgate da história cuiabana.
“Me sinto muito entusiasmado com essa obra. É um ponto histórico nosso. Era um dos lugares que eu passava todos os dias cedo, quando vendia jornais. Então, passava por todos os blocos diariamente. Vai ser uma obra muito importante e atrair muita gente pra lá, fomentando o turismo e a venda dos produtos da nossa terra”, comemorou Botelho, ao relembrar a sua trajetória de luta quando trabalhava com seu pai na lavoura e vendia os produtos na feira livre.
Projeto – Ao explanar sobre o empreendimento, Pinheiro informou que uma das novidades será o estacionamento automatizado valet, com estrutura para ofertar maior comodidade e segurança aos clientes.

Leia Também:  Mesa Diretora lamenta falecimento do deputado Sílvio Fávero

Conforme o projeto, serão 586 vagas para carros e 20 para motos, no estacionamento que ficará no 4º pavimento, com sensores para identificação do status da vaga e software para a compra de recarga de créditos.
“Modernizar os estacionamentos resulta em inúmeros benefícios, como a melhora do fluxo de veículos, satisfação dos clientes e vantagens financeiras a médio e longo prazo. Temos que elaborar um projeto bem mais moderno e preparando a Capital para o futuro. O investimento em novas tecnologias agilizará todos os processos operacionais, desde a chegada do usuário ao local até sua saída. Isso evita filas, seja em pagamentos, validações de tickets, dentre outros”, declarou o prefeito. 

Posteriormente, o estudo será submetido a avaliação do Comitê Gestor do Programa PPP/Cuiabá, presidido pelo prefeito Emanuel Pinheiro e formado por profissionais das secretarias de Gestão e de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, além da Procuradoria Geral do Município (PGM). A meta, mediante o cumprimento de todos os trâmites legais, é de que as obras sejam iniciadas ainda no último quadrimestre de 2021.(com assessoria PMC).

Leia Também:  Faissal disponibiliza R$ 340 mil em emendas para hospital e compra de ambulância
Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda

POLÍTICA MT

PL que cria regulamenta a existência de 'animais comunitários' em MT é aprovada na AL

Avatar

Publicados

em

Por


Foto: Fernanda Trindade

Foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira (22), em segunda votação, o Projeto de Lei nº 726/2019 do deputado Ulysses Moraes que estabelece a existência do animal comunitário em Mato Grosso. Serão considerados tutores de um animal comunitário os responsáveis, os tratadores e os membros da comunidade que com ele tenham estabelecido vínculos de afeto e dependência e que se disponham voluntariamente a cuidar e respeitar os direitos desse animal. 

“Ficamos muitos felizes com essa aprovação, porque os animais abandonados nas ruas são da nossa responsabilidade. Estamos na luta pela causa animal e esse projeto ajuda também no combate aos maus-tratos. E essa é uma forma de aliviar o problema de animais abandonados no nosso estado”, disse Moraes. 

Além disso, a matéria cria casas para o abrigo desses pets. De acordo com a proposta, esses locais terão placas com a identificação ‘Animais Comunitários’. “Para abrigar esses animais, ficará permitida a colocação de casas em vias públicas, escolas públicas e privadas, órgãos públicos e empresas tanto públicas quanto privadas, com a autorização, é claro, do responsável pelo local”, destacou o parlamentar. 

Leia Também:  Deputado pede fim de ideologias em salas de aulas do Estado

Só o município de Cuiabá, por exemplo, tem mais de 14 mil animais de rua e a quantidade está crescendo com a pandemia. Um balanço da Diretoria de Bem-estar Animal, da Prefeitura de Cuiabá, indica que, em média, 10% dos animais domésticos foram abandonados e perambulam pela cidade. “Por isso, precisamos dar mais atenção a esse problema e a criação dos animais comunitários pode amparar esses cães e gatos abandonados”, afirma o parlamentar. 

Vale destacar que os tutores deverão providenciar a identificação dos animais comunitários sob sua responsabilidade. “E para fazer a ideia funcionar, o poder público precisa fazer campanhas de conscientização do projeto, promover orientação técnica aos adotantes, registrar os dados do animal por meio de cadastro informatizado, dentre outros incentivos”, disse o deputado. 

Ulysses Moraes está atuando na causa animal desde o início do mandato. O parlamentar tem mais projetos de leis com essa temática e em maio deste ano lançou o disque-denúncia animal. Após o pedido de ajuda de várias organizações não-governamentais (ONGs), o parlamentar criou essa plataforma com o objetivo de fazer a interlocução com os órgãos competentes. “Já fizemos o resgate de um animal e a plataforma está funcionando muito bem no papel de interlocução com os órgãos responsáveis por fazer o resgate. Agora essa aprovação do PL dos animais comunitários já é um grande avanço para o Estado de Mato Grosso”, finalizou o deputado. 

Leia Também:  Audiência discute projeto para a implantação do marco do saneamento básico em MT

Tem denúncia de maus-tratos?

Se você tiver alguma denúncia, o canal de atendimento do disque-denúncia animal é via telefone (65) 99967-8310 ou pelo link: ulyssesmoraes.com.br/resgateanimal. E mesmo com a existência do número, em casos urgentes, as pessoas podem comunicar também à Polícia Militar pelos 190.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA