VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

Tijolos recheados de droga e celulares são apreendidos após ronda na Penitenciária da Mata Grande

Avatar

Publicados

MATO GROSSO


Em rondas internas pela Penitenciária Major Eldo de Sá (Mata Grande), em Rondonópolis (215 km de Cuiabá) na manhã desta quinta-feira (10.06), os policiais penais do plantão Bravo apreenderam dois blocos de tijolos em argila que haviam sido lançados pela muralha.

Ao serem quebrados, eles encontram dentro dos tijolos: 500 gramas de substância entorpecente análoga a maconha, 6 cartelas de papéis de seda para uso de cigarro, 8 aparelhos celulares modelo smartphone da marca Samsung, 15 carregadores de celular, 11 fones de ouvido, uma bateria e 19 chips da operadora Vivo.

“A cada dia a criminalidade usa de diferentes artifícios, mas os policiais penais têm demonstrando perícia e proatividade –  souberam identificar e apreender este material ilícito. O sucesso dessas apreensões se deve às várias ações preventivas para coibir que esses materiais ilícitos cheguem aos recuperandos”, destacou o diretor da Mata Grande, Ailton Ferreira.

Desde o ano passado, já foram apreendidos 48 drones na penitenciária. Para evitar que as drogas e celulares cheguem aos presos, foram instaladas tela de pinteiro nos solários das ante-alas, alambrados em toda a unidade penal, cerca no perímetro externo, além da realização de rondas diurnas e noturnas, campana na laje e a vigilância ostensiva dos policiais penais nas torres.

Leia Também:  Carreta MT Ciências será apresentada em Portugal durante evento mundial da criatividade
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

“O princípio para um casamento duradouro é o respeito”, afirma inscrito para o Casamento Abençoado

Avatar

Publicados

em

Por


Kátia Medeiros e Francisco Nascimento, moradores do bairro Paiaguás, em Cuiabá, resolveram oficializar a união de mais de 36 anos no Casamento Abençoado. Eles foram casados durante sete anos, mas após uma briga decidiram se separar e foi na ação do Governo do Estado, que é uma iniciativa coordenada pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), que o casal viu a oportunidade de trocar as alianças por mais uma vez.  

Francisco relatou que a companheira foi para Corumbá, em Mato Grosso do Sul, com os filhos ficar com a mãe e assim, ficaram seis meses separados. Ele ainda ressalta que foi um período muito difícil, pois além de ficar longe da mulher amada, havia a distância dos filhos. “Eu fiquei completamente desnorteado. Depois desse tempo, ela viu que não era aquilo que queria e veio para Cuiabá novamente. Conversamos e estamos juntos até hoje, com filhos criados e netos”, disse.

Leia Também:  Governo de MT já distribuiu 98,8% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Kátia revelou que a separação foi impensada, coisa de um jovem casal sem muita experiência. “Eu vejo essa ação como uma oportunidade de casar novamente. Até o nosso filho caçula incentivou a gente e deu uma força dizendo ‘Por que vocês não casam?’ Já éramos para termos casados faz tempo sabe? Mas foi ficando, o tempo passando e deixamos de lado e agora surgiu essa oportunidade”, pontua.

Ambos pontuam que para um relacionamento duradouro têm que haver quatro princípios básicos: o amor, a compreensão, a paciência e o respeito.

O Casamento Abençoado tem objetivo oportunizar de forma gratuita aos casais, com renda total de até três salários mínimos e cadastrados no CADÚnico, a segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial, além de possibilitar o fortalecimento da união familiar. Casamento Abençoado. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até sexta-feira (25.06), de duas formas: virtual ou presencialmente.

Jean Carlos e Angélica Priscila também fizeram a inscrição para o Casamento Abençoado e estão juntos há dois anos. Jean explica que a história do casal é um pouco diferente, voltado para a evangelização e com muito planejamento. 

Leia Também:  Dezenove municípios estão com risco muito alto de contaminação pela Covid-19

“Nós somos da igreja e o que mais queremos dentro do namoro é o casamento. A gente vive um processo um pouco diferente no sentido de viver a castidade e isso é importante para nós. Decidimos juntos casar e estamos buscando o processo agora. É algo muito bom e válido porque deixamos o nosso trabalho e emprego e família para viver em prol da evangelização. A gente vive da providencia de Deus e esse projeto colaborou muito porque é um custo a menos. O casamento possui vários custos e esta ação é algo que ajuda e muito”, diz.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de duas formas: pelo e-mail [email protected], encaminhando cópia do RG e CPF junto com o Formulário de Inscrição preenchido; presencialmente, levando os documentos pessoais até a sede da Setasc, localizada no Centro Político e Administrativo; ou, ainda, na sede do Procon Estadual, localizado na Rua Baltazar Navarros, n°567, Bairro Bandeirantes. 

Outras informações sobre os pré-requisitos e documentos necessários podem ser obtidas nos sites do Governo de Mato Grosso (www.mt.gov.br) e da Setasc (www.setasc.mt.gov.br), ou pelo telefone (65) 3613-5726.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA