VÁRZEA GRANDE

CUIABÁ

Com bebês de até um ano, mulheres que estão amamentando ganham o direito à prioridade na fila da vacina em Cuiabá

Avatar

Publicados

CUIABÁ


Davi Valle/Prefeitura de Cuiabá

A inclusão de lactantes no grupo prioritário foi solicitado pelo vereador Cezinha Nascimento através de indicação.
Temporariamente, a vacinação das lactantes estão sendo realizadas somente no Senai Porto. Veja como tirar dúvidas sobre a vacinação contra a Covid-19.

Na terça-feira (22/06), a prefeitura de Cuiabá divulgou o início do cadastramento para lactantes, com idade a partir de 18 anos, que estejam amamentando bebês de até um ano de idade (11 meses e 29 dias) para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual.&nbsp Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar a vacina.

No dia da vacinação, as lactantes devem levar o QR Code impresso, cópia da certidão de nascimento da criança, comprovante de endereço e cartão do SUS atualizado. As cópias dos documentos ficarão retidos no local da vacinação.

Em apoio ao movimento das mães lactantes de Cuiabá, o vereador Cezinha Nascimento (PSL) protocolou, no dia 25 de maio (terça-feira) na Câmara Municipal de Cuiabá uma indicação (número 801/2021) reivindicando a inclusão de mulheres lactantes na fila prioritária para a imunização contra a Covid-19.

“Neste momento de pandemia, onde temos visto tantos filhos ficarem sem suas mães, é necessário termos empatia, se colocar no lugar do outro, imagina um bebê que está amamentando ficar sem a mãe? Quando uma mãe fica doente toda a família sofre e se essa mulher for lactante o sofrimento é ainda maior. Além disso, segundo pesquisas, existem prejuízos psicossociais em perder uma mãe de forma tão precoce, por tudo isso, defendo que as mulheres, em fase de amamentação devem ser incluídas no grupo prioritário, por estar em situação de maior vulnerabilidade, com um ser humano em contato direto com ela, que depende da mãe para se alimentar”, disse o vereador Cezinha Nascimento, em defesa da vacinação das mulheres lactantes, no texto da reivindicação.

Temporariamente, segundo informações da prefeitura de Cuiabá, a vacinação das mulheres lactantes estão sendo aplicadas somente no Senai Porto. Os outros quatro polos de vacinação (Sesi Papa, estacionamentos da Assembleia Legislativa e Universidade Federal de Mato Grosso e o Sesc Balneário) estão com as atividades suspensas&nbsp desde quarta-feira (23), devido à falta de vacinas.

As pessoas que estavam agendadas para o recebimento da primeira dose devem aguardar a retomada das atividades e verificar o agendamento no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br.
&nbsp
Dúvidas e ou reclamações com relação à vacinação em Cuiabá podem ser sanadas através do número de telefone 0800 645 0156 ou no e-mail [email protected] O horário de funcionamento é das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, com intervalo de duas horas do almoço, das 12h às 14h.

Gabriela Von Eye/Gabinete Vereador Cezinha Nascimento

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Espetáculo de acendimento de luzes do Beco do Candeeiro e programação musical acontecem na sexta (04)
Propaganda

CUIABÁ

Rally Ecológico reúne parceiros para ajustes da competição

Avatar

Publicados

em

Por


Divulgacao

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, junto com a Comissão Organizadora do Rally Ecológico 2021, a cargo do Sportsmotor Clube de Automobilismo, reuniu os parceiros oficiais do evento na tarde dessa sexta-feira (23), para o brieffing geral. O encontro ocorreu na Orla do Porto, em Cuiabá, onde será dada a largada daqui a quatro meses, em 20 de novembro.

Antes da largada da 13ª Edição da maior prova de regularidade de Mato Grosso é preciso discutir com as autoridades as medidas de segurança e logística; por isso foram convidados o diretor de trânsito da Semob, Michel Diniz, os secretários de turismo, Oscarlino Alves, de Cultura de Esportes, Carlina Jacob, de Meio Ambiente, Renivaldo Nascimento, Abel Nascimento, da secretaria de serviços urbanos, da Sema-MT, Mauren Nazareth, a engenheira florestal Rosiani Carnaíba, do Juvam, além é claro de representantes da Prefeitura de Várzea Grande e os diretores do evento, Luiz Galvan e Haroldo Pires.

No encontro foi definido o local exato do plantio simbólico, no dia da largada e as espécies e quantidade de mudas de árvores nativas escolhidas.

Leia Também:  Novo polo de vacinação começa a funcionar no Sesc Balneário nesta quarta-feira (14)

“A partir do dia 21 de setembro (Dia da Árvore), a Rede de Postos Morada receberá doações de alimentos não perecíveis para a campanha ‘Mãos Solidárias’. Cada doador ganhará uma muda de árvore. Ou seja: a meta é arrecadar, no mínimo, 10 mil quilos de alimentos”, disse Luiz Galvan, diretor geral do Rally Ecológico.

A logística ficará a cargo da Águia Sul Transportes — parceira das ações ambientais do Rally Ecológico, e a divulgação e mobilização, será com o Grupo Gazeta e o Rally Ecológico.

Lançamento

O lançamento da 13ª edição do Rally Ecológico será no dia 21 de setembro, na sede do Grupo Gazeta de Comunicação e as doações começam na mesma data nos dez postos da rede de Postos Morada/ Shell.

As inscrições para o Rally Ecológico 2021 serão abertas no dia 21/9, pelo site www.cronorally.com.br, para as categorias motos e Big-Trail, e carros (4×4 Máster, Expedition, Turismo 4×2 e UTV’).

A largada será na Orla do Porto, em Cuiabá (MT), com chegada no Kyalami Wake Park..

O Rally Ecológico/2021 tem o patrocínio da rede de Postos Morada/Shell, Energisa, com apoio das Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande, Governo do Estado/Sael, Sema, Reolon Seguradora, Elitte Multiserviços, D’Rent a Car, CDL Cuiabá, Juvam, Águia Sul Transportes e Grupo Gazeta.

Leia Também:  Secretaria de Obras Públicas prepara vias do Vila Guimarães para revestimento com massa asfáltica

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA